5 de out de 2011

Seja meu espelho, minha espada e escudo.



Eu só estou com você porque não há ninguém melhor. Eu te iludi desde o começo e fiz isso muito bem, eu conquistei você e sua família e alguns amigos seus de quebra. As ligações e mensagens no celular eram apenas eu representando meu papel.

Eu menti desde o começo.

E hoje é o dia que poderia mentir sem peso ou consequência, mas hoje é o dia que vou ser tão sincera como jamais fui contigo.

No começo era apenas pra não me fazer lembrar. Era apenas eu contra o mundo. Eu queria me envolver pra irritar, pra zombar, pra provocar. Você nunca estranhou o quão rápido nos envolvemos?  Eu sou do tipo que nunca ficaria com um cara igual a você, sou apenas o estereótipo da rainha do baile e você nem ao menos tem companhia no ônibus. Somos de mundos separados, você é aquele que é zombado e eu sou aquela que zomba. Você anda de bicicleta ou a pé por cima da calçada pra não ser atropelado, eu –sem falsa modéstia- paro o trânsito. Então, por um minuto se pergunte em que mundo nós daríamos certo?

E nós criamos um mundo só nosso.

Foi naquele dia que precisava de alguém, naquele dia que todos resolveram não aparecer, naquele dia que esperava até o inesperado, mas você foi além, foi o único que estava lá. E apenas olhou nos meus olhos e segurou minha mão e me prometeu que tudo iria ficar bem, e foi a primeira vez que não queria largar de você, eu apenas desejava que fosse meu. Meu espelho, minha espada e escudo.

E só podia lembrar as palavras e caricias ambíguas. Dos momentos (e esses são verdadeiros) felizes que tive com você. Como pude ser tão mesquinha com a melhor pessoa que conheci. E me fez perceber que não sou o que os outros dizem e pensam, que do seu lado eu sou melhor do que jamais imaginaria ser.

Hoje eu sei que te perdi, mas vou estar lá salvando nosso mundo pra que ele seja nosso de novo.

Você não precisa de um número ou localização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...