26 de out de 2012

jogo frio




Se eu perdi um mapa, se eu perdi tudo. Eu caí na armadilha.

E se não houvesse nenhuma luz, nada errado, nada certo. E se não houvesse tempo, nenhuma razão ou rima. E se você decidir que você não me quer ao seu lado? Que você não me quer na sua vida? Está certo. Vamos respirar e pular pra próxima etapa, vamos tentar. Como você pode saber se nunca tentou?

_Oh, cara, eu não consigo acreditar que é verdade. Estou tão assustado em relação ao futuro e quero conversar com você.

_Então, você não sabe onde está indo e quer conversar. E você sente que está indo para um lugar onde já esteve antes. Você diria a qualquer um que te ouvisse, mas sente-se ignorado. Nada está realmente fazendo sentido: vamos conversar!

Vou comprar uma arma e começar uma guerra. Se você puder me dizer alguma coisa por qual valha a pena lutar. Alguns vão rir e alguns só vão sentar e chorar, mas você só vai se sentar aí e pensar o porquê.  Centenas de anos no futuro podem ter computadores procurando vida na terra. Não brigue pelo lado errado, diga como você se sente. Você irá pra trás, mas daí você irá pra frente de novo.

Agora, eu nunca quis fazer mal a você é isso que eu vim aqui pra dizer. Mas se eu estava errado, então me desculpe, mas não deixe isso ficar no nosso caminho. Seja meu espelho, minha espada e escudo.

Para onde vamos ninguém sabe. Nunca diga que está um pouco deprimida quando Deus te deu estilo e graça, e colocou um sorriso em seu rosto. Vejo Deus em meu jardim, mas não sei o que ele diz, pois meu coração não estava aberto.

Há um vento selvagem soprando pelas esquinas da minha rua todas as noites lá, os faróis estão brilhando. Há uma guerra fria chegando. Agora meus pés não tocarão o chão. Então houve a chuva. O céu se vestiu de um véu dourado e cinza. Pela noite, foi o brilho da lua que esteve comigo. O tempo apenas flutuou, então houve a chuva. Você acaba com menos do que quando começou quanto mais profundo a faca entra. A vida continua, e fica tão pesada. O esforço é vão. Cada lágrima, uma cachoeira. Eles estão de olho em você, de olho no que você faz. Logo, cuidado com o que você está tentando fazer, e cuidado se você está andando a vista.

Então toma de volta o soco que eu dei. E não vou, mostrar ou sentir nenhuma dor, apesar que minha armadura possa corroer na chuva. Não deixe isso partir seu coração. Às vezes eu só quero que tudo fique mais devagar. E nós estamos separados agora, mas eu amo quando você vem pra minha casa. Dê-me tempo e dê-me espaço. Dê-me algo real, não me dê falsificações. Feridas que cicatrizam e quebras que podem ser consertadas.  Dê-me força, autocontrole e dê-me coração e dê-me alma. Mas me dê amor acima, amor acima, amor acima disso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...