24 de out de 2011

.Abraços possíveis.


Bem vindo ao outro lado da rua.













Aqui ninguém finge ser seu amigo, todos são verdadeiros e nunca será tratado como turista. Hoje aprendera que ele nunca vai voltar e que perdeu todo tempo da sua vida em vão.  Transformara-se naquele que sempre tratou com indiferença, e em dois minutos verá que podia ser feliz enquanto estava lá, mas perdeu muito tempo perdendo tempo.


No começo eram muitos e depois só um e agora nenhum.


E agora se sente tolo. Em outros lugares lhe chamariam de outra coisa, por toda noite conversar sozinho e agradecer aos outros por vitórias só suas. É, tudo aquilo que conseguiu era você se esforçando, indo em frente. Se acostume com a idéia. Parece, mas não está, isso é real e tudo antes não era. E o questionamento mais obvio ainda não me foi feito.
- O que aconteceu com sua inteligência, deixou do outro lado?
- É, como pode esse não existir e isso existir?
Meu caro, ao chegar em casa à noite e no escuro a primeira coisa a se fazer é ligar as luzes, eu sou o degrau que te faz tropeçar antes de chegar no interruptor e da confusão te faço entender o obvio. E no fim ira perceber que não deve temer perguntas difíceis, mas respostas fáceis.


Hoje você sebe que tudo tem que começar de novo. Então o que você fizer, não desista.


Um comentário:

  1. Me fez pensar bastante essa sua postagem, viu moço.

    "Hoje você sabe que tudo tem que começar de novo. Então o que você fizer, não desista."

    Belo conselho. ;*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...