24 de mar de 2011

Ordinário



     Em forma, mais feliz, mais produtivo, confortável, sem beber demais,
exercícios regulares (3 vezes por semana), se relacionando melhor,à vontade, comendo bem (nada de comidas de microondas e gorduras saturadas), um motorista mais paciente e melhor, um carro mais seguro, dormindo melhor (sem pesadelos), sem paranoia, cuidadoso com todos os animais (nunca lavando aranhas nos buracos das tomadas), mantendo contato com velhos amigos (desfrutar de uma bebida de vez em quando), favores por favores, apaixonado, mas não amando, ordens permanentes de caridade, aos domingos super-mercados (não matar traças ou colocar água fervente em formigas), lavar o carro (também aos domingos), já sem medo do escuro ou das sombras do meio-dia nada tão ridiculamente adolescente e desesperado, nada tão infantil - em um ritmo melhor, mais devagar e calculado, sem chance de escapar, agora empregado de si mesmo, em causa (mas impotente), um membro da sociedade informado e habilitado (idealismo, não pragmatismo), não chorar em público, menos chances de doenças, uma boa memória, ainda chora em um filme bom, ainda beija com saliva, não mais vazio e frenético como um gato amarrado a um pedaço de pau, que é levado à merda do inverno congelado (a capacidade de rir de fraqueza), calmo, em forma, saudável e mais produtivo.


5 comentários:

  1. mais esse não é tu ou é?

    *-*
    eu achei bem parecido,

    bom texto amor

    ResponderExcluir
  2. Uma boa parte sou eu sim.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Huum, apaixonado é. *--* rs'
    "(nunca lavando aranhas nos buracos das tomadas)"
    essa é uma boa idéia. KKKK'

    Tbm gostei do texto. Como sempre. :D

    beeijoca, seu estranho! ^^

    ResponderExcluir
  4. Oi, Jerlley!
    Gostei muito do blog e da maneira que usa as palavras para representar o cotidiano! Já estou seguindo!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...